Nações Unidas, 16 mar (EFE).- Os quatro funcionários da ONU que foram sequestrados hoje por um grupo de homens armados no sul da região central da Somália já foram libertados, confirmou o organismo multilateral.

"Foram entregues ao pessoal de segurança da ONU e, neste momento, estão passando por exames médicos para saber seu estado de saúde", disse à Agência Efe o porta-voz das Nações Unidas, Farhan Haq. EFE jju/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.