ONU condena atentados terroristas no Paquistão

Nações Unidas, 12 mar (EFE).- O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, condenou hoje a sangrenta sequência de atentados terroristas na cidade paquistanesa de Lahore, assim como o ataque de quarta-feira passada contra uma ONG cristã internacional no conflituoso noroeste do país.

EFE |

"O secretário-geral reitera que nada pode justificar esses atos desumanos de violência indiscriminada", disse hoje em entrevista coletiva o porta-voz da ONU, Martin Nesirky.

Pelo menos 40 pessoas morreram nessa sexta-feira em um duplo atentado suicida reivindicado pela insurgência talibã e em uma sequência de explosões de baixa intensidade em Lahore, capital da província de Punjab, leste do país.

Dois terroristas suicidas detonaram suas cargas explosivas de oito quilos quase simultaneamente, pouco antes da oração de sexta-feira dos muçulmanos, em um bairro comercial da área militar de Lahore.

Horas depois, foi iniciada uma sequência de cinco explosões de baixa intensidade, que durou mais de uma hora, perto de lugares como uma delegacia, escritórios dos serviços de resgate e um mercado do bairro de Allama Iqbal.

Na quarta-feira, pelo menos cinco pessoas morreram no ataque de um grupo de insurgentes contra a ONG cristã internacional World Vision, no distrito de Mansehra, situado na Província da Fronteira Noroeste, a cerca de 65 quilômetros de Islamabad. EFE jju/sa

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG