ONU: avião sem piloto georgiano foi derrubado pela Rússia

A missão de observação da ONU na Geórgia (MONUG) publicou nesta segunda-feira um relatório no qual afirma que um caça russo derrubou um avião sem piloto georgiano sobre a região separatista pró-russa da Abkhazia, como revelara mais cedo o governo georgiano.

AFP |

Um funcionário do governo georgiano já havia antecipado que uma missão da ONU concluíra que um caça russo derrubou um avião georgiano sem piloto que sobrevoava a Abkhazia no fim de abril.

"Os elementos fornecidos à missão de observação da ONU na Geórgia levam à conclusão de que o avião pertencia à Força Aérea russa", afirma um relatório oficial, ao qual a AFP teve acesso poucas horas antes de sua publicação.

A Geórgia acusou a Rússia de ter enviado no dia 20 de abril um bombardeiro Mig 29 para derrubar um de seus aviões sem piloto que estava em missão na Abkhazia. As autoridades russas negam a acusação e até o momento não reagiram ao relatório.

A Rússia acusa a Geórgia de alimentar a tensão com o vôo de aviões sem piloto em uma "zona proibida" sobre o território da Abkhazia. Tbilisi responde que continuará sobrevoando seu espaço aéreo.

A Abkhazia alega que nos últimos dois meses derrubou seis aviões sem piloto georgianos sobre o território separatista. Os incidentes foram mdesmentidos pela Geórgia, com exceção do caso de 20 de abril.

A Abkhazia, que proclamou unilateralmente sua independência nos anos 90, é causa de uma forte tensão entre Geórgia e Rússia, que apóia os separatistas.

mm/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG