ONU alerta para emergência humanitária no Chifre da África

Nações Unidas, 19 set (EFE).- A ONU alertou hoje que cinco países do Chifre da África enfrentam uma emergência humanitária devido à longa seca que assola a região e ao encarecimento dos preços dos alimentos, que puseram em perigo a vida de 17 milhões de habitantes.

EFE |

Os países atingidos são Etiópia, com 12 milhões de pessoas em risco, Somália com 3,2 milhões, Quênia com 1,38 milhão, Djibuti com 265 mil, e Eritréia, da qual não se têm números exatos, segundo comunicado do Escritórios de Coordenação da Ajuda Humanitária da ONU (Ocha).

A região necessita de assistência urgente diante do risco que correm "a vida, a saúde e o sustento das populações mais vulneráveis", completa o documento.

"As secas contínuas abalaram progressivamente os recursos da região e a capacidade de suas comunidades de enfrentá-las, o que se soma aos efeitos do encarecimento sem precedentes dos alimentos este ano e, em algumas áreas, a um nível de violência não visto desde a década de 1990", acrescentou. EFE jju/fr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG