Uma missão da ONU concluiu que um caça russo derrubou um avião georgiano sem piloto que sobrevoava a região separatista pró-russa da Abkhazia no fim de abril, afirmou o governo da Geórgia.

"Os elementos fornecidos à missão de observação da ONU na Geórgia (MONUG) levam à conclusão de que o avião pertencia à Força Aérea russa", afirma um relatório oficial, ao qual a AFP teve acesso poucas horas antes de sua publicação.

A Geórgia acusou a Rússia de ter enviado no dia 20 de abril um bombardeiro Mig 29 para derrubar um de seus aviões sem piloto que estava em missão na Abkhazia. As autoridades russas negam a acusação.

A MONUG se limitou a confirmar à AFP que pretende publicar um relatório sobre o tema nesta segunda-feira, mas se negou a confirmar a autencidade do texto divulgado pela Geórgia.

mm/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.