O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, determinou nesta quarta-feira que não há condições para a realização de eleições em Honduras, e anunciou a saída da assistência eleitoral da ONU.

Ban "não acredita que existam as condições para se organizar eleições confiáveis, que promovam a paz e a estabilidade" em Honduras, destacou a ONU em um comunicado.

"O secretário-geral decidiu suspender a assistência técnica atualmente concedida pela ONU ao Supremo Tribunal Eleitoral de Honduras".

ltl/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.