ONU acusa Israel de barrar materiais para reconstrução de Gaza

Genebra, 25 jan (EFE).- O chefe de operações da Agência da ONU para os Refugiados Palestinos (UNRWA), John Ging, disse hoje que Israel continua impedindo a entrada em Gaza de materiais indispensáveis para a reconstrução do território palestino, destruído em uma ofensiva militar há um ano.

EFE |

"A frustração e a desesperança de 1,5 milhão de palestinos que vivem em Gaza crescem", alertou o representante da ONU, segundo quem 80% da população local depende da ajuda alimentícia internacional para sobreviver.

Ging repudiou o argumento de Israel de que os materiais de construção (cimento e aço, entre outros) poderiam ser desviados para a milícia do Hamas para a contrução de esconderijos.

A esse respeito, disse que "todo mundo sabe" que materiais para esse fim entram contrabandeados em Gaza por meio de túneis na fronteira com o Egito.

"Se me perguntam se a situação em Gaza é pior que há seis meses, respondo que sim, é pior", acrescentou Ging em uma entrevista coletiva. EFE is/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG