Ônibus mata elefante perto de pirâmides no México

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - Um ônibus bateu em um elefante que havia escapado de um circo em uma região próxima às mais famosas pirâmides do México, matando o animal de quase cinco toneladas e o motorista do veículo, informou a imprensa local. O elefante, que se chamava Hilda e tinha aproximadamente 40 anos de idade, fugiu enquanto era alimentado na noite de segunda-feira, quebrou um portão e chegou a uma grande estrada perto da Cidade do México por volta da meia-noite.

Reuters |

A imprensa mexicana citou a polícia, que disse que o ônibus não teve chance de evitar a colisão com o elefante, que estava perto das pirâmides de Teotihuacan.

"Eu a desamarrei para que ela pudesse comer", disse Marcelino Ramos, de 22 anos, um dos tratadores do animal no Circo Union, ao jornal diário El Universal.

"Ela nunca havia feito isso antes, mas de repente ela correu em alta velocidade e quebrou o portão."

Vários passageiros do ônibus ficaram feridos no acidente.

(Reportagem de Catherine Bremer e Armando Tovar)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG