Ônibus espacial Discovery inicia vôo de volta à Terra

Por Irene Klotz HOUSTON (Reuters) - O ônibus espacial Discovery partiu da Estação Espacial Internacional na quarta-feira, deixando no espaço o laboratório japonês Kibo, um novo astronauta e grandes esperanças de que a missão seja concluída em 2010.

Reuters |

O piloto Ken Ham deixou a plataforma de acoplagem Harmony da Estação (ISS, na sigla em inglês), às 8h42 da manhã (horário de Brasília).

O Discovery chegou à ISS no dia 2 de junho para levar a principal contribuição japonesa ao complexo de 100 bilhões de dólares: o laboratório Kibo, de 11 metros de comprimento.

'Esperamos ter deixado uma estação melhor e mais capaz do que a que encontramos ao chegar', disse o comandante do Discovery, Mark Kelly, em mensagem de rádio aos controladores de vôo, no momento em que o ônibus espacial se preparava para partir.

Da estação, Greg Chamitoff, que substituiu o engenheiro de vôo Garrett Reisman, respondeu: 'Foi incrível a quantidade de coisas feitas aqui. Desejamos a vocês um ótimo vôo de volta à Terra e uma excelente aterrissagem'.

O Discovery deve aterrissar no sábado no Centro Espacial Kennedy, na Flórida, depois de completar a terceira das cinco missões planejadas pela Nasa para este ano.

O próximo vôo deve acontecer em outubro, quando o ônibus espacial Atlantis for lançado para um último serviço no telescópio espacial Hubble.

Até 2010, quando a Nasa vai aposentar as atuais espaçonaves, ainda ocorrerão 10 missões. A agência está trabalhando em uma nova nave que possa ir tanto à lua quanto à estação espacial.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG