Ônibus é sequestrado no Iêmen com indianos, filipinos e egípcios

Sana, 11 jun (EFE).- Membros de uma tribo iemenita sequestraram hoje seis cidadãos filipinos, quatro indianos e dois egípcios que viajavam em um ônibus que se dirigia de Sana à cidade de Saadah, no noroeste do Iêmen, segundo fontes policiais.

EFE |

As fontes acrescentaram que os reféns se dirigiam a seu local de trabalho, o Hospital Al Salam financiado pela Arábia Saudita e situado na cidade de Sa'adah.

Ainda não se sabe o número de sequestradores, segundo as fontes, que explicaram que os sequestradores exigiram às autoridades iemenitas a libertação de um dos membros de sua tribo em troca da libertação dos cidadãos.

Esta é a primeira vez que uma tribo iemenita retém um ônibus de passageiros para exigir demandas ao Governo, em um país onde o sequestro de estrangeiros em uma prática habitual para ter vantagem nas negociações com as autoridades. EFE ja/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG