ONGs dos EUA pedem comida, água e remédios para enviar ao Haiti

Washington, 13 jan (EFE).- Várias ONGs com sede nos Estados Unidos fizeram hoje pedidos de doações de alimentos, água, remédios e outros materiais de primeira necessidade para enviar de forma emergencial ao Haiti, que foi atingido ontem por um devastador terremoto de 7 graus na escala Richter.

EFE |

Os apelos da Cruz Vermelha na América, a Oxfam América, a World Concern e a International Medical Corps, entre outras, foram feitos por meio de suas páginas na internet, para poder dar uma resposta mais imediata e eficaz às vítimas da tragédia.

A secretária de Segurança dos EUA, Janet Napolitano, pediu à sociedade americana para doar "todo o dinheiro que puder", a fim de que essas organizações possam fornecer material e serviços o mais breve possível.

Segundo o diretor de Respostas Internacionais a Desastres da Cruz Vermelha na América, Tracy Reines, "água, comida, abrigo temporário, serviços médicos e apoio psicológico" são as formas usadas pela ONG para ajudar as vítimas da catástrofe.

A Cruz Vermelha pôs à disposição das equipes de resgate ontem todos os meios de ajuda armazenados em sua base no Panamá, que atender até 5 mil famílias, e está em contato com sua delegação no Haiti, cujos membros estão a salvo, segundo a organização.

Para a Oxfam América, o fornecimento de água potável e serviços sanitários são prioridades neste tipo de situação, disse à Agência Efe uma das porta-vozes da organização, Lide Lucas.

O corte das comunicações com os escritórios da entidade no país dificultou a coordenação dos primeiros trabalhos de resgate da ONG, onde estão 115 de seus funcionários.

Já organizações dedicadas à assistência médica, como a International Medical Corps e Partners in Health estão se preparando para a ação no país com envio de pessoal e captação de material médico. EFE.

sid/id

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG