ONG Survival destaca atuação no Brasil em seus 40 anos de criação

Londres, 15 dez (EFE).- A organização de direitos humanos Survival International completa 40 anos este mês de campanhas a favor dos povos indígenas de todo o mundo.

EFE |

Em comunicado por ocasião do aniversário, a ONG britânica destaca entre suas conquistas mais famosas sua contribuição com a criação do parque Yanomami, em Roraima, em 1992.

Um total de 20% de índios dessa etnia morreram em somente sete anos depois que mineiros invadiram suas terras em busca de ouro.

Porém, desde que as tribos receberam proteção legal, sua população voltou a aumentar.

A Survival cita também a campanha de 20 anos que levou à decisão do Governo brasileiro de oferecer proteção legal às terras de outra tribo, a dos Awá, vítimas da violência e das doenças trazidas pela invasão de seu território.

O diretor da Survival, Stephen Corry, disse hoje que os direitos dos povos indígenas estão "ancorados no direito internacional e nas constituições de muitos países, especialmente da América do Sul".

"O movimento indígena de todo o mundo nunca tinha feito soar sua voz tão alto. Pela primeira vez, as tribos não contatadas e ameaçadas de extinção são objeto de atenção pública internacional", acrescentou Corry.

Segundo o diretor da ONG, também mudaram as atitudes com relação a esses povos, antes desprezados como "primitivos" ou considerados "selvagens". EFE jr/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG