ONG denuncia desperdício de ajuda ao Afeganistão

A ONG britânica Oxfam denunciou quarta-feira o desperdício de grande parte da ajuda ao Afeganistão, e avisou que será difícil alcançar a paz enquanto persistir a pobreza no país.

AFP |

Parte importante da ajuda é desperdiçada por empresas estrangeiras que faturam altos benefícios e empregam consultores expatriados cujos salários podem superar um milhão de dólares por ano, declarou Matt Waldman, responsável da Oxfam para o Afeganistão, durante uma entrevista coletiva em Madri.

"Muitas empresas, em maioria americanas, faturam altos benefícios às custas do conflito no Afeganistão, sem fornecer os resultados esperados", criticou.

"Sabemos que a pobreza é um elemento importante do conflito. Enquanto a pobreza persistir, as chances de alcançar a paz permanecerão escassas", acrescentou.

De acordo com Waldam, quase 40% de toda a assistência financeira internacional volta aos países doadores, pois grande parte desta ajuda é fornecida sob a condição de que seja utilizada para adquirir bens ou serviços em procedência destes países.

Matt Waldam não especificou a quantia total da ajuda financeira internacional enviada ao Afeganistão.

ds/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG