ONG apresentará ação no TPI contra Israel por crimes em Gaza

Beirute, 9 mar (EFE).- A ONG libanesa Coalizão Internacional contra a Impunidade (Hokok) anunciou hoje que apresentará uma ação no Tribunal Penal Internacional (TPI) contra responsáveis de Israel e de outros países pelos crimes cometidos em Gaza.

EFE |

Segundo um comunicado, a presidente do grupo, Mai el-khansa, irá amanhã a Haia, onde fica a sede do tribunal, acompanhada por uma equipe de advogados europeus para apresentar a denúncia.

Na queixa, estão incluídos os "nomes de 100 oficiais (do Exército) israelenses e dirigentes de nacionalidades israelense, americana e britânica, que cometeram crimes contra a humanidade e crimes de guerra" na Faixa de Gaza, destaca o texto.

Além disso, foram anexadas "fotos reais que demonstram o terrorismo dos sionistas (israelenses) e de seus cúmplices", acrescentou a nota.

Os ativistas e seus advogados devem se reunir na quarta-feira com alguns funcionários do TPI para acompanhar o andamento do processo.

Eles também entrarão com uma ação, de 300 páginas, pela "agressão israelense" ao Líbano em 2006, indicou o comunicado, em referência ao conflito que opôs o Exército israelense ao grupo xiita libanês Hisbolá. EFE ks/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG