Los Angeles (EUA.), 9 mar (EFE).

- Penélope Cruz, Vera Farmiga e Suzy Amis Cameron, mulher do cineasta James Cameron, foram as mais bem vestidas que passaram pelo tapete vermelho na premiação do Oscar, isso de acordo com a ONG americana World Mind Network.

Esta organização apresentou a primeira edição de seus prêmios Alex Awards, em memória do estilista britânico que morreu recentemente, Alexander McQueen, e se comprometeu a doar US$ 3 mil, US$ 1 mil por vencedora, a Oxfam de ajuda humanitária para o Chile, após o forte terremoto de 27 de fevereiro.

World Mind Network, que trabalha em colaboração com o grupo Chilean Earthquake Relief, designou três categorias de prêmios, porém todos com igual relevância, conforme detalharam.

O "Gold", que reconhece o "glamour" tradicional, foi para a espanhola Penélope Cruz pelo seu vestido assinado por Donna Karan.

O "Platinum", que destaca a melhor evocação de um estilo inovador, foi para Vera Farmiga ("Amor sem escalas") por seu vestido de "geometria fascinante" criado por Marchesa.

O prêmio ao vestido mais ecológico, o "Green", foi concedido a Suzy Amis Cameron pelo seu vestido confeccionado por Jillian Granz, membro da Universidade do Estado de Michigan.

A ONG World Mind Network se define como uma entidade que explora novas formas de utilizar a internet e as tecnologias em favor da cultura, da educação e ainda com o propósito de facilitar a pesquisa, construir uma sociedade melhor e apoiar a sustentabilidade. EFE fmx/dm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.