Onda de frio e neve nos Estados Unidos deixa um morto e milhares sem luz

WASHINGTON - Pelo menos uma pessoa morreu por causa da onda de frio e neve que afeta boa parte dos Estados Unidos e que deixou milhares de pessoas sem eletricidade, além de causar atrasos nos vôos.

EFE |

AP
Tempestade de neve atinge os EUA

Nevasca atinge os Estados Unidos

Espera-se que hoje uma grande tempestade de neve se estenda pelos Estados de New Hampshire, Massachusetts e Connecticut que ainda tentam se recuperar das intensas nevascas registradas na sexta-feira passada.

Em Massachusetts, uma pessoa morreu no sábado à noite ao ser atingida pelo galho de uma árvore que cedeu pelo peso da neve e do gelo, informou a Polícia estadual.

Já em Minnesota, no norte do país, as condições meteorológicas são tão ruins que o Departamento de Transporte ordenou, em 13 condados, que as escavadeiras deixassem as estradas e voltassem às suas bases.

Enquanto isso, em Iowa, a má visibilidade causou tantos acidentes de trânsito que as autoridades proibiram os serviços de guindaste.

O jornal "Seattle Post-Intelligencer" cita, neste domingo, um policial do Estado de Washington que assegura ter sentido ventos de até 120 km/h. No noroeste do país, este fim de semana chegou a cair até um metro de neve.

A tempestade, que se desloca de oeste para leste, avança enquanto os cidadãos ainda tentam se recuperar do temporal do começo da semana, que deixou milhares de pessoas sem eletricidade.

Na sexta-feira, mais de 800 vôos foram cancelados nos três aeroportos de Nova York e no sábado foram suspensos cerca de 50. EFE mv/db

    Leia tudo sobre: neve

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG