WASHINGTON - A onda de frio ártico que se estende nos Estados Unidos da Dakota do Norte, na fronteira com o Canadá, até o Texas, e que também afeta a Flórida, continua hoje com novas nevascas e temperaturas de até 25 graus abaixo de zero.

O Serviço Meteorológico Nacional emitiu avisos de vento gelado para a maioria de Dakota do Norte e regiões de Minnesota e Iowa.

Isso significa que existe o perigo de se sofrer de hipotermia se não forem tomadas precauções suficientes ao se sair de casa.

O frio também atingiu o sul, e estão previstas geadas na Louisiana, Alabama, Mississipi, Texas e Flórida, inclusive nas margens do Golfo do México, embora não haverá neve como no norte.

O ar polar ameaça este fim de semana as colheitas de laranjas, limões e morangos da Flórida, estado que produz 75% das frutas e verduras consumidas nesta época do ano no país.

No entanto, o fim do frio está perto, segundo os meteorologistas.

As temperaturas subirão no Meio Oeste no domingo e a melhoria se estenderá paulatinamente para a metade leste do país.

O nordeste será a última região a receber o alívio nos termômetros. Hoje à noite o termômetro marcará 12 graus abaixo de zero na cidade de Nova York e 13 graus negativos em Boston, por exemplo.

O sudoeste do país escapou do sistema ártico e em Los Angeles será registrada hoje uma máxima de 24 graus, temperatura média também desfrutada tradicionalmente pelos habitantes da Flórida em janeiro, embora não este ano.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.