Onda de calor já matou 54 no Paraguai

Assunção, 12 fev (EFE).- O número de mortes relacionas à onda de calor que castiga também o Paraguai subiu para 54, das quais 37 ocorreram apenas em um hospital de Assunção.

EFE |

Essas 37 mortes, em sua maioria de pessoas de idade avançada, aconteceram entre 5 e 11 de fevereiro, todas no setor de emergência do Instituto da Previdência Social (IPS), explicou à Agência Efe Rubén Aguilar, coordenador do hospital.

A Polícia tinha reportado a morte de 17 pessoas em todo o país no domingo aparentemente por complicações ligadas ao calor. Na ocasião, a temperatura atingiu picos de 40 graus à sombra.

"Não atribuímos diretamente ao calor, mas o vemos como um fator de descompensação dos pacientes que têm patologias associadas", explicou o médico.

A onda de calor que atinge o Paraguai alcançou também o sistema elétrico, que está à beira do colapso por causa da disparada do consumo a níveis históricos. EFE lb/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG