OMS: marmota está na origem de peste pulmonar na China

Uma marmota seria a causa da epidemia de peste pulmonar que deixou três mortos no noroeste da China, indicou nesta terça-feira a Organização Mundial da Saúde (OMS).

AFP |

"Segundo o estudo epidemiológico, a origem desta epidemia é uma marmota selvagem, que entrou em contato com o cão da primeira pessoa morta", explicou a OMS em um comunicado.

No dia 1º de agosto, a China informou à OMS sobre um foco de peste pulmonar na localidade de Ziketan, situada em uma das "prefeituras autônomas tibetanas" de Qinghai (noroeste).

A primeira vítima, o dono do cachorro, era um pastor de 32 anos. Seu padrastro, de 64 anos, e um de seus vizinhos, de 37 anos, também morreram com a doença, estimou a OMS.

Estas mortes se explicam "amplamente por um atraso na administração do tratamento", julgou a OMS.

Outras nove pessoas continuam hospitalizadas, uma delas em estado "crítico".

As autoridades chinesas suspenderam a quarentena ordenada para Ziketan, que permaneceu isolada por uma semana, anunciou no domingo o jornal Notícias de Pequim.

hmn/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG