OMS faz apelo para arrecadação 4,2 milhões de dólares para o Haiti

A Organização Mundial de Saúde (OMS) fez um apelo nesta sexta-feira para a arrecadação de 4,2 milhões de dólares (2,9 milhões de euros) que seriam destinados aos 800.000 haitianos afetados nas últimas semanas por quatro furacões sucessivos que atingiram a ilha caribenha.

AFP |

A organização lembrou em um comunicado que, por causa dos furacões Fay, Gustav, Hanna e Ike, que passaram pela ilha entre agosto e setembro, 300 pessoas morreram, várias milhares tiveram que se deslocar e alguns centros de saúde ficaram destruídos.

Entre os afetados, 52% são mulheres e 36% são crianças, segundo a OMS.

"As inundações danificaram vários centros de saúde, como os hospitais de Gonaïves, Port de Paix e Les Cayes", acrescentou o comunicado.

"Há escassez de medicamentos, incluindo insulina e anestésicos, e de material cirúrgico".

"Os furacões também danificaram as reservas de alimentos, o que aumentou os riscos nutricionais para a população", concluiu a organização.

A OMS quer destinar um milhão de dólares à coordenação dos serviços de saúde e aplicar um sistema de vigilância epidemiológica com o objetivo de evitar a propagação de doenças contagiosas como a malária ou a dengue.

O restante do dinheiro será destinado a projetos sanitários urgentes por meio de entidades colaboradoras da OMS, como o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), o Fundo de População das Nações Unidas, Farmacêuticos Sem Fronteiras e Médicos do Mundo.

ama/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG