OMS estabelece em mais de 65.000 os contaminados por cólera no Zimbábue

A Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou nesta quarta-feira, em Genebra, que 65.739 pessoas estão contaminadas por cólera no Zimbábue, das quais 3.323 morreram desde o início da epidemia em agosto do ano passado.

AFP |

Um balanço anterior, divulgado na terça-feira, registrava 64.701 casos e 3.295 mortos.

A doença está fora de controle, como demonstra a taxa de mortalidade que segue acima da barreira de 5%, de acordo com a OMS, organismo que considera um índice aceitável um dado inferior a 1%.

A temporada de chuvas favorece a propogação da doença.

Segundo a OMS, até metade dos 12 milhões de habitantes do Zimbábue podem ser contaminados com o bacilo de cólera em consequência das condições de insalubridade reinantes no país.

A epidemia está se propagando nos países vizinhos, em particular na África do Sul, onde já foram registrados mais de 2.600 casos e 31 mortos.

dro/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG