Genebra, 19 mai (EFE).- A diretora-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Margaret Chan, disse hoje que estão buscando uma solução, junto com a ONU e com a indústria farmacêutica, para que os países com menos recursos possam ter acesso à vacina contra a gripe suína que, em breve, poderia começar a acontecer.

"Posso garantir que, nos países pobres, nenhuma pessoa será deixada de lado por falta de recursos ou por razão de onde tenha nascido, e estamos trabalhando para buscar uma solução", disse Chan, em entrevista coletiva conjunta com o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon.

Chan disse também que, apesar de o Governo do Japão suspeitar que já houve nesse país contágios do vírus A (H1N1) dentro da comunidade, "não é incomum que haja alguns casos nos quais não se pode identificar um laço familiar ou de contato direto. Isso também ocorreu nos EUA e no Reino Unido".

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados. EFE vh/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.