OMS diz que vírus da gripe suína tem potencial para cruzar fronteiras

Genebra, 26 abr (EFE).- O vírus da gripe suína, que já matou dezenas de pessoas no México e infectou várias outras nesse país e nos Estados Unidos, tem potencial para se espalhar pelo mundo, disse hoje a Organização Mundial da Saúde (OMS) O secretário-geral adjunto da OMS, Keiji Fukuda, disse que a organização está estudando se deve elevar o nível de alerta mundial do grau 3 para o grau 4, o que deverá ser decidido na terça-feira, a partir das informações coletadas.

EFE |

"Se decidirmos passar para o nível 4 (da escala que vai até 6), será uma mudança muito significativa, pois mostrará que um vírus potencialmente pandêmico como é este terá provado que é capaz de ser transmitido de pessoa para pessoa" fora de pequenos grupos, como os dos familiares que cuidaram de seus doentes, acrescentou.

Nesse caso, disse Fukuda numa entrevista coletiva , os países terão que começar a tomar medidas muito drásticas.

O especialista não descarta a hipótese de o vírus da gripe suína evoluir e se tornar ainda mais perigoso.

"Quando temos um novo vírus como este, contra o qual a maioria das pessoas no mundo não está imunizada ou está muito pouco imunizada, ele pode ser transmitido facilmente", acrescentou.

Fukuda destacou que, neste momento, a OMS "não tem evidências" de que o vírus surgiu de um ataque bioterrorista destinado a matar o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama. Porém, disse a organização "continua estudando" todas as possibilidades.

A declaração do especialista foi uma resposta a uma pergunta relacionada à recente viagem que Obama fez ao México. Na visita, o presidente americano se reuniu com um arqueólogo renomado que dois dias depois morreu com sintomas similares aos da gripe. EFE vh/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG