OMS diz que países devem manter controle rigoroso contra gripe

GENEBRA (Reuters) - Uma autoridade da Organização Mundial da Saúde (OMS) afirmou nesta segunda-feira que ainda não há evidências de disseminação do novo vírus da gripe H1N1 em comunidades fora da América do Norte. Nós continuamos vendo infecções relacionadas a viagens em diferentes países... e um pouco de movimento do vírus movendo-se para o sul, disse o diretor-geral-assistente da OMS, Keiji Fukuda.

Reuters |

"Nós não temos nenhuma evidência de que o vírus tenha alcançado transmissões em nível de comunidades em outro país agora (fora da América do Norte)", acrescentou.

"Isso não significa que o monitoramento tem que ser forte apenas no Hemisfério Sul. Neste momento nós não sabemos ao certo como isto vai avançar", disse Fukuda.

Foram registrados 1.025 casos confirmados em laboratórios em 20 países, incluindo 26 mortes, afirmou.

(Reportagem de Laura Macinnis)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG