OMS diz que os casos oficiais já se aproximam dos mil em 20 países

Genebra, 4 mai (EFE).- A Organização Mundial da Saúde (OMS) já recebeu informação sobre 985 casos de infecção pela gripe suína, registrados em 20 países, segundo o último balanço divulgado pelo organismo.

EFE |

O México comunicou 590 casos confirmados de pessoas infectadas, das quais 25 morreram.

A OMS destaca que o rápido aumento dos casos registrados no México se deve a que estão sendo feitos milhares de testes de mostras recolhidas anteriormente de pacientes.

Os Estados Unidos comunicou 226 casos confirmados por laboratórios, entre eles um morto.

Em terceiro lugar por número de casos confirmados em laboratório está a Espanha, com 40 casos comunicados à OMS, mas nenhum falecido.

Os demais países que informaram de casos confirmados oficialmente, sem falecidos, são: Áustria (1), Canadá (85), China (Hong Kong, 1), Costa Rica (1), Colômbia (1), Dinamarca (1), El Salvador (2), França (2), Alemanha (8), Irlanda (1), Israel (3), Itália (1), Holanda (1), Nova Zelândia (4), Coreia do Sul (1), Suíça (1) e Reino Unido (15).

A OMS volta a insistir em seu último comunicado, divulgado esta manhã, em que não há risco para a saúde humana pelo consumo de carne de porco sempre que esteja bem cozida, nem por comer produtos derivados.

O organismo multilateral continua sem aconselhar o fechamento de fronteiras ou restrições de viagens. EFE vh/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG