OMS diz que casos de gripe resistentes a remédios são isolados

Genebra, 7 jul (EFE).- A Organização Mundial da Saúde (OMS) esclareceu hoje que os casos de gripe suína resistentes ao antiviral Tamiflu registrados na Dinamarca, Japão e Hong Kong são casos isolados.

EFE |

O diretor adjunto da OMS, Keiji Fukuda, explicou que não é surpreendente que apareçam casos esporádicos de resistência a um remédio e ressaltou que a vigilância do vírus em nível mundial continua sendo o fator-chave para controlar a propagação.

De forma paralela, Fukuda disse que não ocorreu uma combinação genética do vírus A (H1N1) com o da gripe sazonal.

Cento e vinte países informaram sobre casos confirmados de gripe suína, que já superaram os 98 mil, incluindo 440 mortes, segundo dados divulgados hoje pela OMS.

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados. EFE is/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG