OMS disse que há sinais claros de disseminação da gripe suína

GENEBRA (Reuters) - Uma autoridade de Organização Mundial da Saúde (OMS) afirmou nesta quarta-feira que o surto da gripe suína mostra claros sinais de disseminação no mundo, sem indicar uma redução no ritmo de contaminação. Keiji Fukuda, diretor-geral assistente da OMS, afirmou que pesquisadores estão vendo a infecção se disseminar de pessoa a pessoa e reiterou que comer carne de porco não constitui risco de contrair o vírus.

Reuters |

"Está claro que o vírus está se disseminado, nós não vemos evidência de redução neste momento", afirmou a jornalistas.

A OMS disse que o nível de alerta de pandemia se aproxima da fase 5 (numa escala de 1 a 6). Atualmente está na fase 4.

A OMS informou ainda que há 114 casos de gripe suína, incluindo oito mortes, que foram oficialmente registradas.

Fukuda disse que as mortes foram todas no México e apenas uma nos EUA, de uma criança mexicana.

(Reportagem de Jonathan Lynn e Laura MacInnis)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG