OMS convoca reunião de emergência por gripe H1N1

GENEBRA (Reuters) - A diretora-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Margaret Chan, convocou uma reunião de emergência nesta sexta-feira para discutir a gravidade do surto de gripe H1N1, mas não se espera qualquer decisão sobre mudar o nível do alerta de pandemia, informou uma porta-voz da OMS. Gostaria de afirmar que a reunião não é para decidir a mudança para a fase 6, disse a porta-voz Fadela Chaib a jornalistas. A reunião, por teleconferência, está marcada para começar às 9h (de Brasília), acrescentou.

Reuters |

"Não há um momento determinado para a OMS mudar para a fase 6. Como vocês sabem, nós precisamos perceber a disseminação em comunidades em outras regiões, e depois avaliar a gravidade", afirmou.

Os especialistas da entidade vão discutir novas descobertas sobre o vírus, assim como medidas internacionais de saúde pública, disse Chaib.

O novo vírus, conhecido como gripe suína, já infectou 21.940 pessoas em 69 países, matando 125 delas, de acordo com o último registro da agência da Organização das Nações Unidas (ONU).

México, Estados Unidos e Canadá sofreram mais com a doença, e um caso foi confirmado na Arábia Saudita pela primeira vez.

Keiji Fukuda, o vice-diretor-geral da OMS, disse no início da semana que a expansão do vírus H1N1 na Espanha, Grã-Bretanha, Japão, Austrália e Chile deixou o mundo próximo de uma pandemia.

Até agora, a escala de pandemia da OMS continua no segundo nível mais alto, na fase 5, em uma escala de 1 a 6.

(Reportagem de Stephanie Nebehay)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG