OMS considera Ásia mais bem preparada para enfrentar a gripe suína

Os países asiáticos, que adotaram medidas rígidas durante a crise da Síndrome Respiratória Aguda Grave (Sars) em 2003, estão mais bem preparados que os outros para enfrentar os riscos de pandemia da gripe suína surgida no México, destacou a Organização Mundial da Saúde (OMS).

AFP |

"A Ásia está mais bem preparada e em melhor posição que os outros", declarou à AFP Peter Cordingley, porta-voz da OMS em Manila para a região Oeste Pacífico.

"A crise de Sars em 2003 foi uma lição em matéria de de mecanismos de vigilância e de controle da infecção".

O novo vírus pode voltar a sofrer uma mutação e se tornar um "problema grave", destacou Cordingley.

China e Hong Kong seguem traumatizadas com a crise da Sars em 2003, que surgiu na província chinesa de Guangdong em novembro de 2002 e matou 800 pessoas no mundo, 350 delas na China.

No mesmo ano, o vírus altamente patogênico da gripe aviária, H5N1, reapareceu na Ásia e matou mais de 250 pessoas, principalmente no sudeste do continente.

jvg/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG