OMS apoia medidas de quarentena adotadas pela China

As medidas de quarentena adotadas pela China para enfrentar a epidemia de gripe suína estão de acordo com as tomadas no resto do mundo, afirmou o representante da Organização Mundial da Saúde (OMS) no país asiático.

AFP |

"Outros países adotaram as mesmas medidas que a China. Em consequência, não acreditao que a China seja uma exceção", declarou à AFP Hans Troedsson.

O México, epicentro da gripe suína, considerou injustificáveis as medidas tomadas pela China, que colocou 70 mexicanos em quarentena.

Troedsson declarou que a OMS recomenda aos países a adoção de medidas medidas para evitar a propagação da gripe A(H1N1).

"Há várias medidas diferentes e a quarentena é uma delas", explicou.

Do ponto de vista de Troedsson, Pequim reagiu da mesma maneira diante da epidemia de síndrome respiratória agudo grave (Sars) que afetou o país no fim de 2002, antes da propagação por outras regiões.

dma/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG