OMS alerta para surto de pólio no Tadjiquistão

Genebra, 23 abr (EFE).- A Organização Mundial da Saúde (OMS) está mobilizada para lutar contra um surto de poliomielite no Tadjiquistão, registrado neste mês e que representa a reaparição da doença na Europa, onde estava considerada erradicada desde 2002.

EFE |

O Governo dessa república ex-soviética tinha informado à OMS no início deste mês sobre um brusco aumento de casos de paralisia aguda. Ao todo, 128 casos em crianças, com o registro de 10 mortes.

Após a mobilização da OMS, "foi confirmado em um laboratório de Moscou mais sete casos", disse hoje uma porta-voz em entrevista coletiva.

"Estes são os primeiros casos de pólio na região europeia da OMS desde a erradicação em 2002", acrescentou.

Uma equipe do organismo mundial foi enviada ao Tadjiquistão, para lançar uma campanha de vacinação em grande escala.

O país vizinho Uzbequistão também informou de três casos suspeitos de paralisia infantil.

A porta-voz indicou que os casos de pólio confirmados foram importados do Afeganistão, Paquistão e Índia, os únicos países, junto com a Nigéria, onde a doença ainda é endêmica.

O último caso clinicamente confirmado de poliomielite no Tadjiquistão havia sido em 1997. Em 2008 a vacinação já cobria 87% das crianças do país.

Segundo a OMS, o vírus da poliomielite percorre com facilidade longas distâncias, por isso que as regiões livres desta doença seguem em risco. EFE vh/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG