Túnis, 15 mai (EFE).- A Organização para a Libertação da Palestina (OLP) se reuniu hoje em Túnis para lembrar a Nakba (Catástrofe), termo usado pelos palestinos para se referir ao nascimento de Israel.

A OLP mantém na Tunísia uma "direção exterior" liderada por Farouk Qadumi, um dos velhos dirigentes palestinos que se opuseram à assinatura dos acordos de paz estabelecidos em Oslo entre os dois adversários.

Enquanto em Gaza e na Cisjordânia milhares de palestinos lembram essa data, em Túnis a colônia palestina se reduziu a algumas poucas dezenas de pessoas, a maior parte delas militantes do movimento "Fatah", do atual presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas.

A OLP lembrou hoje que a "Nakba" de 15 de maio de 1948 é responsável por cerca de 750 mil refugiados palestinos. EFE mo/mh

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.