Olmert vai ser indiciado por corrupção, segundo a imprensa israelense

Citado em vários casos de corrupção, o primeiro-ministro israelense do governo de transição, Ehud Olmert, vai ser indiciado, anunciaram meios de comunicação locais nesta quarta-feira.

AFP |

O procurador-geral Menahem Mazuz "já informou Ehud Olmert sobre o assunto relacionado ao caso 'Rishon Tours'", segundo a rádio israelense.

A mesma informação foi divulgada por dois canais privados de televisão.

No caso chamado 'Rishon Tours', Olmert é suspeito de ter financiado - na época em que era prefeito de Jerusalém e ministro do Comércio e da Indústria - viagens para o exterior apresentando várias faturas para uma única viagem.

Olmert renunciou em setembro depois de ter sido citado em outros casos de corrupção, mas continua dirigindo um governo de transição até as eleições legislativas antecipadas, previstas para o dia 10 de fevereiro do ano que vem.

cat/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG