JERUSALÉM - O primeiro-ministro israelense, Ehud Olmert, é interrogado hoje nona ocasião nos últimos meses pela Polícia em sua residência de Jerusalém, disseram fontes oficiais.

O porta-voz da Polícia israelense, Miki Rosenfeld, declarou à Agencia Efe que o interrogatório do chefe do Governo começará às 10h locais, e que deve durar cerca de duas horas.

O porta-voz declinou precisar qual é o motivo das investigações policiais.

O diário "Ha'aretz" publicou no mês passado que Olmert poderia ser acusado de crime de fraude por ter escondido da Polícia diversas provas contra ele.

Leia mais sobre Olmert

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.