O primeiro-ministro israelense, Ehud Olmert, declarou-se neste domingo encorajado a prosseguir com sua política militar na Faixa de Gaza após conversar com o presidente americano, George W. Bush.

"Fui encorajado pela posição do presidente americano George W. Bush, que me disse que devemos não apenas garantir que o Hamas pare com seus disparos de foguetes, mas também que não possa retomá-los no futuro", afirmou Olmert em Tel Aviv, após o início do conselho de ministros.

Israel lançou no sábado uma ofensiva terrestre contra o Hamas na Faixa de Gaza, após oito dias de bombardeios aéreos e marítimos, com o objetivo de por fim aos disparos de foguetes do grupo radical islâmico Hamas.

Horas antes, ao mancionar a situação em Gaza, a Casa Branca destacou que "autoridades americanas" estavam "em contato constante com os israelenses, além de governantes da região e da Europa".

bur/ap

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.