O primeiro-ministro israelense, Ehud Olmert, afirmou neste domingo que Israel não quer a abertura de uma nova frente de combate em sua fronteira norte com o Líbano, em uma advertência velada ao Hezbollah.

"Israel não tem nenhum interesse em abrir novas frentes além do que foi aberto no sul", na Faixa de Gaza, declarou Olmert no início de uma reunião de gabinete no ministério da Defesa, em Tel Aviv.

"Dei instruções aos líderes da Defesa para que estejam prontos diante de qualquer eventualidade, caso alguém queira tirar vantagem do fato de Israel estar operando na frente sul", acrescentou o primeiro-ministro.

rb-pa/ap

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.