novo e grave (TV) - Mundo - iG" /

Olmert foi interrogado sobre um assunto novo e grave (TV)

O caso de corrupção pelo qual o primeiro-ministro israelense Ehud Olmert foi interrogado na sexta-feira pela polícia fazendária é nova e grave, registrou neste sábado a televisão pública israelense.

AFP |

A emissora não deu detalhes da enquete, devido à imposição da justiça, mas indicou que "sérias suspeitas particularmente grave spesam sobre Olmert.

Segundo o jornal israelense Yediot Aharonot, Olmert é suspeito de ter recebido suborno durante longo tempo de um empresário americano com negócios em Israel.

Citando fontes judiciárias, a televisão estimou que, se as suspeitas se confirmarem, Olmert poderá ser obrigado a se demitir.

O procurador de Israel, Menahem Mazouz, havia pedido quinta-feira à polícia interrogar Olmert em regime de urgência, "em 48 horas".

Segundo o jornal, este assunto remonta a um período anterior ao acesso de Olmert ao cargo de primeiro-ministro em 2006 e só chegou recentemente ao conhecimento da polícia.

O primeiro-ministro israelense havia sido interrogado na manhã de sexta-feira pela polícia fazendária no contexto de uma investigação sobre suspeitas de corrupção, informou uma fonte policial.

O mistério que paira sobre estes interrogatórios, com anúncio repentino na noite de quinta-feira e vazamentos na imprensa sobre a gravidade das suspeitas abalaram novamente a imagem de um premier já pouco popular.

"O primeiro-ministro foi interrogado por uma equipe de investigadores dirigida pelo chefe do departamento fazendário, Shlomi Ayalon", declarou à AFP o porta-voz da polícia, Micky Rosenfeld, sem dar mais detalhes.

O interrogatório, que durou uma hora, foi realizado na residência de Olmert.

Segundo a rádio pública, o premier foi ouvido como suspeito em casos de corrupção.

ms/vl/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG