Olmert e Abbas se reúnem mais uma vez em Jerusalém

Os dirigentes palestino, Mahmud Abbas, e israelense, Ehud Olmert, mantiveram uma reunião, anunciada na última hora, neste domingo em Jerusalém, antes de uma viagem do presidente palestino à Rússia e aos Estados Unidos.

AFP |

"O encontro durou uma hora e meia. Foi uma reunião de coordenação antes das visitas de Abbas aos Estados Unidos e do presidente americano George W. Bush a Israel", no início de maio, especificou à AFP um alto funcionário do governo israelense, que não quis ser identificado.

De acordo com outro responsável israelense, os dois dirigentes tinham combinado de se encontrar antes da viagem de Abbas à Rússia e aos Estados Unidos. O presidente palestino tem uma reunião marcada com seu colega russo, Vladimir Putin, em 18 de abril em Moscou, e outra com Bush no dia 24 de abril nos Estados Unidos, informaram altos representantes palestinos.

O presidente americano, por sua vez, tem previsto assistir às comemorações do 60º aniversário da criação do Estado hebreu, nos dias 8 e 9 de maio, e poderia, segundo uma fonte palestina não confirmada, se encontrar com Olmert e Abbas no Egito.

A reunião deste domingo entre os dois dirigentes aconteceu na residência do primeiro-ministro israelense. O objetivo desses encontros é resolver o conflito que opõe há mais de 60 anos Israel aos palestinos antes do fim do mandato de Bush, em janeiro de 2009.

"O presidente Abbas pediu ao primeiro-ministro que coopere com o Egito em seus esforços para alcançar um cessar-fogo na Faixa de Gaza", declarou um dos principais negociadores palestinos, Saeb Erakat, durante uma entrevista coletiva em Ramallah, na Cisjordânia.

Ele também pediu aos diversos grupos armados palestinos que "cooperem com o Egito para que um cessar-fogo total proteja a Faixa de Gaza das agressões israelenses e impeça um desastre no mundo".

O movimento radical islâmico Haas, contrário às negociações com Israel, controla a Faixa de Gaza desde que expulsou de lá as forças do Fatah, em junho de 2007. Este território palestino, de onde são disparados foguetes contra o sul de Israel, é freqüentemente alvo de mortíferas operações israelenses.

Olmert e Abbas tinham se encontrado pela última vez em 7 de abril.

Antes de se reunir com Olmert, Abbas recebeu o general James Jones, o enviado americano encarregado de supervisonar a aplicação do Mapa do Caminho, um plano de de paz elaborado pelo Quarteto (Estados Unidos União Européia, Rússia e ONU), que deve se reunir em 17 de abril em Amã.

Este documento prevê o congelamento da colonização judaica na Cisjordânia ocupada e o fim dos ataques antiisraelenses pelos grupos palestinos.

O general Jones também devia se encontrar com o ministro israelense da Defesa, Ehud Barak.

bur/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG