Oliver Stone mostrará história não contada dos EUA em documentário

Los Angeles (EUA), 18 ago (EFE).- O cineasta Oliver Stone revisará os últimos 60 anos de história dos Estados Unidos em uma série de documentários para revelar alguns segredos escondidos em momentos como o bombardeio atômico ao Japão ou a Guerra Fria, informou hoje a revista The Hollywood Reporter.

EFE |

O diretor vencedor de três Oscar dirigirá e dará voz em dez programas que terão como título "Secret History of America", nos quais percorrerá episódios que "na época foram pouco informados, mas definiram de forma crucial os EUA", segundo o canal a cabo "Showtime", que transmitirá a série.

Através de seus filmes, Stone se transformou várias vezes em crítico da Casa Branca, o último caso foi "W" (2008), filme no qual o cineasta mostrou seu ponto de vista sobre a vida e a personalidade do ex-presidente George W. Bush.

O diretor fez também um filme sobre a biografia de Richard Nixon e o caso Watergate ("Nixon", 1995), e outro sobre a investigação do assassinato de John F. Kennedy ("JFK - A Pergunta que não Quer Falar", 1991), mas é muito conhecido por seus dramas bélicos, como "Nascido em Quatro de Julho" (1989) e "Platoon" (1986).

A Guerra do Vietnã fará parte do conteúdo dos documentários, nos quais se indagará as origens da Guerra Fria ou a decisão do presidente Harry Truman de lançar as bombas atômicas sobre Hiroshima e Nagasaki.

"Sinto que é a maior contribuição que poderia fazer a meus filhos e à geração seguinte. Só posso esperar que acontecerá uma mudança em nossa maneira de pensar", disse Stone.

A série de dez horas de duração estreará no "Showtime" em 2010.

EFE fmx/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG