Tamanho do texto

Los Angeles (EUA.), 28 abr (EFE).

- Oliver Stone e Michael Douglas serão, respectivamente, diretor e protagonista da segunda parte de "Poder e Cobiça" (1987), a qual o estúdio Fox negocia com o jovem Shia LaBeouf, informou hoje a imprensa americana.

Douglas, de 64 anos, ganhou um Oscar pelo trabalho no longa original graças ao personagem Gordon Gekko, um poderoso investidor sem escrúpulos que ganhou uma fortuna graças aos investimentos na bolsa.

Allan Loeb será o encarregado de redigir o roteiro, e embora não tenham sido divulgados os detalhes da história, sabe-se que voltará a se concentrar na figura de um jovem agente de Wall Street.

O personagem foi interpretado por Charlie Sheen no filme de 1987.

Desta vez, a atual crise econômica será o contexto ideal para refletir um mundo de ganância e corrupção, afirma a revista "The Hollywood Reporter".

A fita, cujas filmagens devem começar em julho, levará o título provisório de "Wall Street 2" ("Poder e Cobiça 2").

Ed Pressman, produtor do filme original, também financia a sequência. EFE mg/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.