Oligarca russo Oleg Deripaska tinha vínculos com máfia, diz jornal

Londres, 26 out (EFE).- O oligarca Oleg Deripaska, o homem mais rico da Rússia e cujas relações com o ministro de Negócios e Empresas britânico, Peter Mandelson, causou grande polêmica no Reino Unido, tinha vínculos com a máfia, afirmou hoje o jornal The Sunday Times.

EFE |

Segundo o jornal britânico, Deripaska tinha relações comerciais com Anton Malevsky, um dos antigos chefes de um dos grupos criminosos mais poderosos da Rússia.

Os detalhes destes aparentes vínculos estão em documentos sob poder do Tribunal Superior de Londres, que atende a uma reivindicação apresentada contra Deripaska por seu ex-sócio de negócios Michael Cherney, acrescenta o jornal.

O "Sunday Times" afirma que o irmão de Malevsky, Andrei, tinha 10% de participação na empresa de Deripaska.

O oligarca russo, empresário do setor de alumínio, sempre garantiu que seus vínculos com Malevsky eram de proteção, mas os documentos do Tribunal Superior indicam que Deripaska não teria contado toda a verdade sobre o chefe do grupo criminoso, morto em 2001 em um acidente de pára-quedas, diz o jornal.

A suposta ligação de Deripaska com a máfia nos primeiros anos de sua carreira empresarial coloca em dúvida o bom senso de Mandelson de ter se reunido com o oligarca várias vezes.

Mandelson, que até pouco tempo atrás era comissário do Comércio da União Européia, admitiu ontem, em carta enviada ao jornal, ter conhecido Deripaska em 2004, antes do revelado e anteriormente a este se beneficiar com a redução de algumas tarifas do bloco europeu ao alumínio. EFE vg/fh/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG