Oito rebeldes mortos por mísseis disparados no Paquistão

Segundo o serviço de inteligência local, cinco militantes locais e três estrangeiros foram mortos

AFP |

Oito rebeldes foram mortos neste sábado pelo disparo de um drone (avião sem piloto) americano na região tribal do noroeste do Paquistão, próximo à fronteira afegã, anunciaram autoridades de segurança. O disparo teve como alvo um conjunto de casas da aldeia de Data Khel, no Waziristão do Norte, uma das regiões tribais próximas à fronteira com o Afeganistão considerada um bastião dos combatentes talibãs e da Al-Qaeda.

"Um drone americano disparou mísseis em uma casa utilizada por rebeldes como acampamento. Oito rebeldes foram mortos no ataque e doze ficaram feridas", disse por telefone à AFP uma autoridade de segurança em Peshawar, a maior cidade do noroeste do Paquistão.

Agentes de inteligência em Miranshah, principal cidade do Waziristão do Norte, também confirmaram o ataque e o registro de vítimas.

"Cinco militantes locais e três estrangeiros foram mortos e doze ficaram feridos" neste ataque, declarou à AFP um membro do serviço de inteligência local.

O termo "estrangeiro" utilizado pelo serviço de segurança paquistanês designa geralmente militantes provenientes de países árabes ou da Ásia Central que recebem uma formação militar no Paquistão com grupos ligados à Al-Qaeda.

    Leia tudo sobre: paquistãodroneeua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG