Oito mortos em combates entre americanos e milicianos no Iraque

Quatro militantes armados morreram e nove ficaram feridos em confronto com o exército americano na madrugada de sexta-feira no sul de Bagdá, informaram fontes iraquianas e americanas.

AFP |

Uma autoridade de segurança iraquiana afirmou que os combates começaram na quinta-feira à noite e continuaram pela madrugada no bairro de Amel, no sudoeste da capital.

Um médico do hospital Yarmukh de Bagdá confirmou os combates, indicando que foram hospitalizados vários feridos.

De acordo com o Exército dos Estados Unidos, os confrontos começaram na quinta-feira à noite quando uma patrulha enfrentou combatentes armados no setor xiita.

As tropas americanas, que contavam com o apoio aéreo, "enfrentaram e destruíram um número indeterminado de inimigos" na zona, segundo comunicado que não detalhava se os "inimigos" eram militantes do Exército de Mahdi, a milícia do clérigo radical xiita Moqtada Sadr.

Tropas regulares iraquianas e unidades americanas se enfrentam em combates sangrentos desde o final de março com partidários do Exército de Mahdi, no bairro de Sadr City, ao noroeste de Bagdá.

sf-jds/cl

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG