Oito pessoas morreram e outras quatro ficaram feridas em um ataque taleban com foguetes no vale de Swat, noroeste do Paquistão.

O ataque atingiu a casa do irmão de um parlamentar local. O irmão, duas sobrinhas e outras cinco pessoas morreram, segundo a polícia.

Muslim Khan, porta-voz do grupo armado Movimento dos Talebans do Paquistão, reinvidicou o ataque num telefonema à AFP.

Tropas paquistanesas mataram 35 militantes talebans em Swat durante o fim de semana depois do atentado suicida que matou sete pessoas, entre elas três policiais.

No ano passado, o líder religioso pró-taleban, Maulana Fazlulá, fez uma campanha para reforár a Sharia (lei islâmica) na região. Desde então, o vale tem sido cenário de diversos ataques.

Leia mais sobre Paquistão

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.