Oito morrem em desabamentos de casas devido a temporal no Marrocos

Rabat, 3 fev (EFE).- Duas pessoas morreram hoje em Marrakech, centro do Marrocos, e outras duas em Taroudant, no sul, devido ao desabamento de suas casas devido às fortes chuvas, além dos quatro membros de uma família que perderam a vida em Al-Hoceima, no norte.

EFE |

Segundo as autoridades locais, citadas pela agência oficial "MAP", morreram em Marrakech um homem de 75 anos e sua filha de 12, enquanto uma mulher de 49 anos ficou gravemente ferida devido ao desabamento parcial de sua casa.

Em Taroudant, as vítimas foram uma mulher de 36 anos e seu filho de 9, que morreram após cair sobre eles o telhado de seu quarto.

As intensas chuvas e a força do vento do fim de semana passado provocaram também a morte de outras quatro pessoas na província de Al-Hoceima, devido ao desabamento nesta madrugada, devido a um deslizamento de terra.

A princípio, as autoridades tinham informado sobre a morte de três pessoas, mas uma criança de 12 anos morreu horas depois no hospital, devido à gravidade dos ferimentos.

Três membros de uma mesma família estão gravemente feridos e permanecem internados em um centro da área.

Diante da situação, o Governo do país anunciou na semana passada a criação de um fundo especial para fazer frente às catástrofes naturais, financiar as operações de segurança urgentes e assistir as povoações afetadas. EFE alr/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG