Oito guerrilheiros colombianos das Farc morrem em quatro ações militares

Bogotá, 28 jul (EFE).- Oito guerrilheiros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), entre eles um importante chefe, morreram em quatro ações militares diferentes em regiões colombianas, informaram hoje fontes oficiais.

EFE |

O primeiro choque armado e com maior número de baixas aconteceu na zona rural de Palmira, cidade do departamento de Valle del Cauca, entre as tropas da Terceira Brigada e rebeldes de uma facção das Farc.

Segundo o Exército, nessa região, as tropas mataram quatro guerrilheiros, entre eles um conhecido como "Sancocho", terceiro líder do grupo "Alonso Cortés" desta organização, segundo um relatório oficial.

Segundo a fonte, "Sancocho" era "o responsável direto de realizar atos terroristas" em várias localidades vizinhas a Palmira.

Outro confronto aconteceu em uma zona rural da localidade de Florida, também no Valle del Cauca, no qual foi morto outro rebelde das Farc.

Dois guerrilheiros da frente 36 foram abatidos em uma zona rural de Yarumal, no departamento de Antioquia, e outro morreu no município de Nariño, na mesma região.

Em todos os casos, as tropas apreenderam armas, explosivos, munição e equipamentos de comunicação. EFE rrm/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG