Oficial militar russo é acusado de espionar para a Geórgia

MOSCOU (Reuters) - O principal serviço de segurança da Rússia deteve um oficial militar russo suspeito de espionar para a Geórgia, informou um porta-voz na quarta-feira. O militar, etnicamente georgiano, foi identificado como Mikhail Khachidze. Ele foi detido na região de Stavropol, no sul da Rússia e perto da Geórgia, disse um porta-voz da FSB, órgão sucessor da KGB, da era soviética.

Reuters |

'(Ele) colecionava informações secretas das forças armadas russas e sua preparação para o combate, assim como dados sobre outros membros das forças armadas', disse o porta-voz.

O conflito entre Geórgia e Rússia começou depois que Tbilisi tentou retomar o controle da Ossétia do Sul, região separatista apoiada por Moscou.

Isto despertou um contra-ataque russo que abalou as relações entre Moscou e o Ocidente.

Nesta semana, a Rússia acusou a Geórgia de planejar ataques terroristas em seu território e aumentou a segurança em áreas estratégicas, acusação negada por Tbilisi.

(Reportagem de Tatiana Ustinova)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG