Um oficial francês morreu nesta quarta-feira no Afeganistão em um confronto com rebeldes depois da explosão de uma mina artesanal, informou o ministério da Defesa.

Além disso, um intérprete afegão morreu no mesmo incidente envolvendo uma patrulha motorizada do exército nacional afegão na localidade de Logar, sudeste de Cabul.

O presidente francês, Nicolas Sarkozy, condenou em um comunicado a "violência cega" e expressou a determinação de seu país em continuar trabalhando para o "restabelecimento da paz no Afeganistão".

ha-cs/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.