Oficiais iraquianos e dos EUA invadem escritório do governador de Diyala

Bagdá, 19 ago (EFE).- Uma força especial do Exército iraquiano apoiada por soldados americanos invadiu hoje o escritório do governador de Diyala em Baquba e matou um dirigente, informaram à Agência Efe fontes do Ministério do Interior iraquiano.

EFE |

Segundo as fontes, durante o assalto, os militares mataram Abbas al-Tamimi, chefe de gabinete do governador de Diyala, Raad Mola Jawad.

A invasão, feita através do telhado e de um edifício próximo, culminou em enfrentamentos entre os militares e as forças de segurança que custodiavam a sede do governador, devido à falta de coordenação entre ambos os corpos.

Após a invasão, os confrontos se estenderam por várias ruas, já que o chefe da Polícia de Diyala, Abdel Karim Khalaf, ordenou que suas unidades combatessem os assaltantes, com a idéia de que estes eram insurgentes.

Nesses enfrentamentos posteriores, seis pessoas ficaram feridas, a metade delas policial e a outra metade civil. EFE am/fr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG