Ofensiva militar mata 34 rebeldes no sul do Afeganistão

Cabul, 21 mai (EFE).- Pelo menos 34 prováveis insurgentes morreram nos últimos três dias em uma ofensiva das forças de elite afegãs e das tropas da coalizão liderada pelos Estados Unidos no sul do Afeganistão.

EFE |

Como informa o comando americano hoje com comunicado, na operação os militares apreenderam também um carregamento de 15 mil quilos de droga.

A nota diz que as tropas lançaram na terça-feira passada uma ofensiva para assumir o controle de um reduto dos guerrilheiros talibãs na cidade de Marjeh, no distrito de Nad Ali.

De acordo com a versão militar, a ofensiva, que ainda continua aberta, não deixou vítimas militares nem civis.

Os soldados apreenderam um carregamento de 15 mil quilos de narcóticos, a grande maioria ópio de alto valor no mercado negro, mas também 11 quilos de heroína processada e 30 de morfina.

Segundo o comando militar americano, o valor da droga apreendida supera US$ 750 milhões.

A cúpula talibã ordenou aos insurgentes das áreas vizinhas que se desloquem para o local da ofensiva de modo a reforçar os combatentes locais e recuperar o carregamento confiscado.

Loy Cherah, área onde a operação se desenvolve, é considerado um reduto dos talibãs e um dos pólos de armazenamento e processamento de droga da província de Helmand, onde são cultivados 90% do ópio do Afeganistão.

Segundo a nota, 50% do financiamento para as atividades da insurgência talibã procede do tráfico de drogas. EFE lo/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG